Noticias sobre empregos, concursos, Bahia, BPC,INSS, FGTS e Auxílios

Protagonismo estudantil marca primeira edição da Festa Literária do Iceia, em Salvador


Os estudantes do Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) Formação e Eventos Isaias Alves, antigo Iceia, deram um show de talento e protagonismo durante a primeira edição da Festa Literária do Iceia (Fliceia), realizada nesta quinta-feira (30), na unidade de ensino, em Salvador. Com o tema “Celebrando a diversidade da literatura negra e indígena”, o encontro visou proporcionar um espaço de diálogo e reflexão sobre a importância da diversidade na literatura e estimular a produção literária dos estudantes.

continua depois da publicidade

A secretária da Educação do Estado, Adélia Pinheiro, falou da importância das festas e feiras literárias para a aprendizagem dos estudantes. “A educação caminha de braços dados com a cultura e a arte. O caminho para atravessar isso é através das feiras e festas literárias, nas quais as nossas escolas estão presentes como protagonistas e fazedores de literatura, cultura e arte. Estar aqui, hoje, testemunhando a 1ª Fliceia, é a certeza de que uma política pública com o compromisso partilhado com a nossa rede colhe os melhores resultados dando oportunidade aos nossos estudantes”.

A programação da Fliceia contou com apresentação de coral estudantil; roda de conversa com a escritora e atriz Cássia Valle, do filme “Ó Paí, ó” (1 e 2); apresentações de dança, música e teatro; contação de histórias; mesas com autores do Iceia e convidados; desfile AfroIceia; sarau cultural; exibição de documentários; bate-papo com autores; premiação de concurso literário; oficinas de mangá, escrita criativa e desenho; entre outras atividades.

A estudante Laura Santos, 23, do curso técnico em Artes Visuais, compartilhou com o público os seus livros “Amor do passado” e “Inveja – os sete pecados”. “É muito importante para mim expor as minhas obras para incentivar as pessoas a lerem mais e o colégio está nos dando esta oportunidade. Eu comecei a escrever durante a pandemia e já estou indo para o meu quinto livro, “Nas mãos do mafioso”, que será lançado em 2024”, comentou.

Já a estudante Ana Luisa Silva, 16, do curso técnico em Computação Gráfica, mostrou a sua habilidade vocal com os seus colegas na apresentação do Coral Toda Voz. “Sempre fui de cantarolar em casa e, no coral, além de me aperfeiçoar e aprender a utilizar a minha voz, me ajudou muito a perder a timidez e a cantar em público em eventos como este”, afirmou.

Outras festas literárias

A Secretaria da Educação Estado (SEC) apoia a realização de feiras e festas literárias promovidas em diversas regiões da Bahia. A Festa Literária de Itapetinga, que celebra os 200 anos de Independência da Bahia, foi iniciada nesta sexta-feira (30) e segue até o dia 2 de dezembro. Já a Festa Literária de Amargosa (Fliamar) será realizada de 6 a 9 de dezembro.

Fonte: Ascom/Sec



Maiana Brito

Leia Também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você está de acordo com isso. Aceitar Leia: Política de Privacidade