Noticias sobre empregos, concursos, Bahia, BPC,INSS, FGTS e Auxílios

Operação Folia e Paz reforça a segurança nos circuitos oficiais e em pontos estratégicos da capital  


A operação Folia e Paz da Polícia Militar da Bahia (PMBA) segue no entorno dos circuitos, nas estações de transbordo e principais corredores de tráfego. O objetivo é reforçar o radiopatrulhamento nesses locais para prevenir atos de vandalismo, depredações, roubo a ônibus, porte ilegal de arma, tráfico de entorpecentes, entre outros tipos de delito durante a folia momesca.

continua depois da publicidade

A operação, de acordo com o major Valnei, garante a segurança e o conforto dos foliões que estão indo pra Avenida e, também, para quem está retornando aos seus lares: “foi apreendida uma arma de fogo, resgatados dez veículos roubados, realizadas seis prisões em flagrantes e 20 conduções a delegacias. Cumprimos, também, três mandados de prisão de pessoas pegas em câmeras de monitoramento. Até o momento, cinco mil pessoas foram abordadas”.

Foto: Joabe Reis

Na operação, ao todo, são 180 policiais por turno de serviço. Há o suporte de 50 guarnições de quatro rodas e 20 motos.

Durante os seis dias de Carnaval, estão sendo realizadas três operações: Postos de Abordagem, Folia e Paz e Operação Abadá.

Foto: Joabe Reis

Portais de Abordagem 

Os Portais de Abordagem estão montados com 14 Comandos de Zonas de Abordagem nos circuitos. Dos 42 postos, sete estão no Batatinha, 22 no Osmar e 13 no Dodô.

Além do trabalho realizado pela PM de apreensão de objetos ilegais, apreensão de objetos perfurocortantes e perfurocontundentes, as estruturas contam com a tecnologia de captura por reconhecimento facial. Como novidade no Carnaval deste ano, há, ainda, a contagem da quantidade de pessoas que acessam os circuitos.



Louise Cibelle

Leia Também

Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes para aprimorar sua experiência de navegação. Ao continuar navegando, você está de acordo com isso. Aceitar Leia: Política de Privacidade