Rádio Diário
AG. MARTA - POLPAS NUTRICAU ( Cota Marta)
PI 025589 - F - BANNER AÇÕES JEQUIÉ 1219 728X90PX
Saúde Mental

Janeiro Branco: Precisamos falar sobre saúde mental

Segundo a OMS, o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo e o quinto em casos de depressão.

10/01/2020 14h29
Por: Fátima Oliveira
Fonte: Google
Fonte: Google

O início do ano é um período em que as pessoas estabelecem metas para cumprir ao longo dos próximos doze meses.

 É neste sentido, que psicólogos brasileiros criaram o “Janeiro Branco”, com o objetivo de sensibilizar a população a cerca da promoção e proteção à saúde mental. A idéia é quebrar o tabu e o preconceito ao falar sobre o tema, bem como, transtornos psicológicos.  O movimento existe no Brasil e em países como Estados Unidos, Japão e Portugal.

A campanha que nasceu em Minas Gerais, em 2014, convida as pessoas a refletirem sobre o sentido e o propósito das suas vidas, a qualidade dos relacionamentos e o quanto elas conhecem sobre si mesmas, suas emoções, pensamentos e sobre os seus comportamentos.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgados em 2017, 5,8% da população brasileira sofre com depressão, o que representa 11,5 milhões de brasileiros com a doença em números absolutos.

Ainda segundo a OMS, o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo e o quinto em casos de depressão.

Para a psicóloga Gabriela Bandeira:

A conscientização se faz imprescindível, uma vez que os cuidados com a saúde mental ainda são alvo de preconceito. Atualmente, vivemos em um período em que hipervalorizamos as aparências. Buscamos aparentar que estamos sempre bem, e buscar ajuda profissional poderia ser um sinal de fraqueza. Além disso, o pouco conhecimento sobre o que é e para que serve a psicologia, apenas aumenta este preconceito. Cuidar da saúde mental é autoconhecimento, é evitar doenças e criar estratégias de como lidar com as diversas situações da vida."

Segundo Gabriela, é preciso estar atento aos próprios sentimentos e emoções e o que leva alguém a procurar ajuda é algo muito pessoal, pois a forma como cada pessoa interpreta as experiências é algo individual.

Frases como “terapia é coisa de gente doida”, “é pura frescura”, mostram o preconceito que há torno da questão saúde mental. E isso segundo os psicólogos é um dos fatores que mais contribuem para o comprometimento da saúde mental das pessoas.

A campanha que este ano tem como tema: “Janeiro Branco: Precisamos falar sobre saúde mental”,  está baseado em ações gratuitas, sem fins lucrativos, promovidas por profissionais voluntários, que buscam a psicoeducação das pessoas e de instituições.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Jequié - BA
Atualizado às 22h52
24°
Poucas nuvens Máxima: 35° - Mínima: 20°
24°

Sensação

8.8 km/h

Vento

88.8%

Umidade

Fonte: Climatempo
JOSE HENRIQUE MARTINS ( Cota Despesa Site)
Municípios
Últimas notícias
Mais lidas