Quarta, 16 de Junho de 2021 08:49
75.98821- 8076
Cidades Entrevista

Vice Prefeito de Serra do Ramalho Aroldo responde nota de repúdio do SINSP/SR

Aroldo afirmou que reuniu sim com a classe e pediram um prazo para entender a situação

27/04/2021 19h26
Por: Josemar Areda Fonte: Sucesso FM
Arquivo: Fábio Nascimento / ASCOM
Arquivo: Fábio Nascimento / ASCOM

No ultimo final de semana, uma nota de repúdio contra a atual gestão, elaborada pela diretoria do SINSP de serra do Ramalho circulou nas redes sociais criticando a administração do Prefeito, na negociação do atraso de pagamento dos salários e décimo terceiro de Dezembro de (2020) aos servidores do Município. 

Na nota, o SINSP faz uma crítica aberta ao atual Vice Prefeito, que também é servidor e já presidiu o sindicato em duas oportunidades. O Presidente do Sindicado dos Servidores, Januário Gomes, em entrevista exclusiva ao Jornal da Sucesso FM, falou que:

“O que o servidor esperava do Vice, era que ele junto com a administração, uma vez que ele é servidor e esteve na luta por 8 anos se não me engano, ele deveria estar observando a situação do servidor que não é nada favorável e que pudesse está intervindo, chamando o gestor para uma conversa. Chegar e dizer, olha gestor vamos sentar com a categoria que eu vim de lá eu sei a dificuldade que é e o que o pessoal está passando.” 

Januário, atual presidente do SINSP, também fez questão de dizer que a categoria não está fechando os olhos para o município ainda mais no momento em que se encontra o País. Ele ressalta que são solidários a todos e ainda fez a questão de falar dos servidores da saúde, que estão mais de 1 ano trabalhando sem parar.  Ele fala ainda que já teve uma reunião sim com  gestão e que foi pedido 90 dias e o prazo acabou e o acordo não foi honrado. 

O vice Prefeito Aroldo, em entrevista exclusiva a Sucesso FM, falou sobre a realidade dos servidores de Serra do Ramalho. Ele diz perceber que na verdade há uma certa pressa e que entende, pois os servidores tiveram seus erários atrasados, por conta de uma gestão que não tinha respeito para com a categoria, mas pelo contrario, a demora  hoje é por que eles querem chegar com a informação exata e precisa.

“Tudo isso foi atrapalhado por uma prestação de contas referente ao governo anterior, por exemplo, o gestor anterior, já era estipulado por lei na verdade uma data de prestação de conta pra ele que seria até (31) de Janeiro, e o próprio tribunal estendeu essa data até (12) de Fevereiro, que ele também não cumpriu e somente agora no final de Março (29), que foram entregues essas prestações de contas parciais que não vem todas as informações.”

Aroldo afirmou que reuniu sim com a classe e pediram um prazo para entender a situação, mas lembrou que quando pediu esse prazo era baseado em uma prestação hábil que foi o que não aconteceu. Ele ressaltou também que não iria fazer promessas, mas que sim irá pagar todos servidores, mas que devido a divida ser da gestão anterior, a nova gestão tem que entender a prestação de contas deixada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jequié - BA
Atualizado às 08h39 - Fonte: Climatempo
21°
Poucas nuvens

Mín. 17° Máx. 32°

21° Sensação
8.8 km/h Vento
69.2% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (17/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 33°

Sol e Chuva
Sexta (18/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 16° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias