Quarta, 18 de Maio de 2022
Geral Distrito Federal

Construção do túnel reúne profissionais experientes em grandes obras

Além de utilizar equipamentos de ponta, estrutura vem sendo erguida na entrada de Taguatinga com participação de geólogos, engenheiros e técnicos

13/05/2022 às 20h35
Por: Redação Fonte: Agência Brasília
Compartilhe:
Debora Cronemberger Mendes Pereira
Debora Cronemberger Mendes Pereira

A construção do Túnel de Taguatinga conta não só com equipamentos de ponta, mas também com alguns dos profissionais mais qualificados do país. São exemplo o professor de geologia Paulo Ivo Queiroz, da Universidade de São Paulo (USP) e do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), que prestou consultoria na primeira fase, e o mestre de obras Carlos Miguel, que atuou em quase todas as obras de construção de aeroportos do país.

O engenheiro Rodrigo Magalhães é da empresa Trier, que trouxe profissionais de São Paulo | Foto: Arquivo pessoal
O engenheiro Rodrigo Magalhães é da empresa Trier, que trouxe profissionais de São Paulo | Foto: Arquivo pessoal

Segundo o engenheiro Rodrigo Magalhães, da empresa Trier, uma das consorciadas que participam da construção do túnel, a equipe de 30 profissionais responsáveis pelos projetos da obra é multidisciplinar – composta por geólogos, engenheiros e técnicos, todos com grande experiência. Já os 40 profissionais que atuam na confecção da parede diafragma vieram de São Paulo, uma vez que o DF não dispunha de pessoal com essa especialização técnica.

“A primeira etapa do túnel foi o trabalho de sondagem. Para isso, uma equipe formada por geólogo, engenheiro civil e calculista realizou testes para conhecer o perfil do terreno”, explica Rodrigo. De posse dos dados da sondagem, foi possível fazer o cálculo estrutural do túnel.

Construção de paredes impermeáveis no Túnel de Taguatinga | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília
Construção de paredes impermeáveis no Túnel de Taguatinga | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

A Tecknier, empresa especializada em projetos, realiza diariamente o monitoramento da obra. Seus geólogos e engenheiros são capacitados para usar sensores e instrumentos dos mais modernos existentes no setor. São sete profissionais responsáveis pelo monitoramento. Os relatórios elaborados pela equipe são encaminhados à sede da empresa, em São Paulo, para análise. Essa iniciativa evita que ocorram recalques (deformações) em partes do túnel.

Os especialistas que participam da obra do túnel também podem estar fora do canteiro da obras. Rodrigo Magalhães informa que o controle de qualidade do concreto utilizado é feito pelos laboratórios do Senai e da faculdade Mackenzie.

Cidade chamada Túnel de Taguatinga

Mas a construção do túnel não precisa apenas de geólogos, engenheiros e mestres de obras. O espaço onde está sendo feita uma obra que reúne 430 pessoas se torna uma cidade – provisória, mas uma cidade.

O engenheiro da Eterc Alfredo Aguiar disse que a obra conta com técnicos de segurança do trabalho e administradores, por exemplo. “Os administradores fazem o controle de qualidade dos projetos. Antes de cada projeto ir a campo, é atualizado por um assistente administrativo para que seja feito exatamente o que é necessário”, relata. De acordo com o representante da Eterc, também existe um administrador do espaço – uma espécie de prefeito –, que cuida da limpeza, alimentação e organização do local.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias