Rádio Diário
PREFEITURA DE JEQUIÉ - PI: 765/19 - NOVEMBRO - SARAMPO
Jaguaquara

Presidente da CDL de Jaguaquara faz avaliação do comércio em 2019

De acordo com o presidente da CDL, um dos fatores que tem atrapalhado o bom desempenho do comércio é a inadimplência

06/11/2019 06h00Atualizado há 1 semana
Por: Fátima Oliveira
Fonte: Fátima Oliveira
Fonte: Fátima Oliveira

A economia do município de Jaguaquara é caracterizada principalmente pela produção hortifrutigranjeira, aliado a um comércio pulsante. Isto a favorece e apesar das dificuldades que o comércio de modo geral enfrenta no país, a economia de Jaguaquara consegue se sustentar em relação a cidades vizinhas. Esta é a visão de Éder Jorge Castro, Presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Jaguaquara - CDL.

Segundo ele, além do comércio ter alcançado grande volume de vendas no Dia das Mães e no São João do ano de 2019, é necessário que haja um aumento nas vendas de final de ano, para que o resultado anual seja expressivo.

Com relação ao terceiro trimestre e o mês de outubro, destaca que o comércio da cidade enfrentou extrema dificuldade no volume de vendas. Observa que os recursos do 13º salário e do FGTS liberados neste período, pouco influenciou nas vendas. O motivo é que muitos consumidores inadimplentes utilizam os dividendos para quitação de dívidas.

De acordo com o presidente da CDL, um dos fatores que tem atrapalhado o bom desempenho do comércio é a inadimplência; tem sido observado um aumento do número de inclusão de clientes no Serviço de Proteção ao Crédito – SPC. Para ele:

“Vender é importante, mas receber também, não adianta fazer um volume de vendas imenso e não receber aqueles valores que você precisa para honrar seus compromissos com fornecedores, impostos, folha salarial (...), isso impacta diretamente na saúde financeira das empresas.”  

Para o último bimestre, o presidente acredita que haverá um bom resultado tanto pelas campanhas que estão por vir, tanto no que diz respeito às contratações temporárias.

De acordo com ele, a Black Friday que todo o comércio deve acompanhar, tem se tornado uma data importante pelo fato de existir na cidade grandes redes de comércio nacional. A expectativa é que esta cultura se difunda e independente do seguimento, os lojistas ofereçam promoções por ocasião da “Sexta Feira Preta”, campanha que registra vendas significativas. Em 2018, a campanha movimentou no país cerca de 2,6 bilhões de reais.

Para aquecer o movimento de fim de ano, será realizada a Campanha Natalina. É esperado um aumento nas vendas, visto que o Natal é culturalmente no Brasil um período de troca de presentes, o que se reflete positivamente na economia.

  • Presidente da CDL de Jaguaquara faz avaliação do comércio em 2019
  • Presidente da CDL de Jaguaquara faz avaliação do comércio em 2019
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.