Rádio Diário
PREFEITURA DE JEQUIÉ - PI: 765/19 - NOVEMBRO - SARAMPO
Fiscalização

Bahia em atenção e prevenção à disseminação da PSC

A ADAB, se colocou à disposição das Defesas Agropecuárias de Alagoas (ADEAL) e Sergipe (Emdeagro)

14/10/2019 17h16
Por: Redação
Fonte: SECOM - BAHIA

Após notificação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), através da Divisão de Sanidade dos Suídeos, da confirmação de um foco – já saneado- de Peste Suína Clássica (PSC), no município de Taipu, estado de Alagoas, próximo à divisa com Sergipe, imediatamente a ADAB (Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia), designou o deslocamento do fiscal estadual agropecuário Rui Leal para o  estado alagoano, a fim de  tomar conhecimento dos detalhes da contaminação e providências adotadas para conter a disseminação e evitar que a doença chegue à Bahia.

A ADAB, se colocou à disposição das Defesas Agropecuárias de Alagoas (ADEAL) e Sergipe (Emdeagro) para todo o apoio necessário ao reforço de medidas de biossegurança e intensificação de procedimentos de vigilância da enfermidade. O MAPA recomenda a fiscalização do trânsito de suínos, material genético suíno, produtos e subprodutos de origem suína, efetuadas pelos postos fixos e equipes móveis de fiscalização, com maior atenção na região limítrofe da zona livre de PSC.        

Os 32 animais da propriedade de Taipu foram sacrificados após diagnosticados com a Peste Suína Clássica. Outras propriedades da região estão sendo investigadas para que seja afastada qualquer suspeita. “Estamos atentos a qualquer possibilidade de contaminação e assegurando à população a intensificação da vigilância, protegendo a cadeia produtiva de suínos e mantendo a sanidade e segurança aos países importadores dos animais e seus produtos”, reforçou o diretor-geral da ADAB, Maurício Bacelar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.