Sábado, 04 de Julho de 2020 10:56
75.988218076
Dólar comercial R$ 5,32 -0.55%
Euro R$ 5,97 -0.812%
Peso Argentino R$ 0,08 -1.053%
Bitcoin R$ 51.190,93 -0.15%
Bovespa 96.764,85 pontos +0.55%
Economia Dia dos Pais

Comércio deve faturar R$ 5,6 bi com vendas no Dia dos Pais, projeta CNC

Entidade estima ainda a geração de quase 12 mil vagas temporárias de trabalho voltadas exclusivamente para a data

07/08/2019 10h07
Por: Redação Fonte: Agencia AR
Comércio deve faturar R$ 5,6 bi com vendas no Dia dos Pais, projeta CNC

O setor de comércio deve faturar 5 bilhões e 600 milhões de reais com as vendas no Dia dos Pais, data celebrada neste domingo (11). O valor corresponde a uma alta de 2,1% em relação ao ano passado. A estimativa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Segundo o economista-chefe da CNC, Fabio Bentes, este será o terceiro ano consecutivo de crescimento, ainda que o desempenho dos últimos anos não tenha retomado o ritmo de antes da crise.

“A economia brasileira vem se recuperando muito lentamente desde que a recessão ficou para trás. A economia cresceu 1% em 2017, 1% em 2018 e, esse ano, a expectativa é que tenha um crescimento inclusive menor, um crescimento de 0,8% em 2019. Portanto, as datas comemorativas do varejo nada mais são do que um reflexo da própria lentidão no processo de recuperação econômica. O varejo ainda não vai conseguir retomar neste ano de 2019 o mesmo patamar de vendas do Dia dos Pais que ele tinha antes da recessão.”

Se em 2018 foram contratados nove mil e 600 trabalhadores temporários, neste ano a entidade projeta a geração de quase 12 mil vagas de trabalho voltadas exclusivamente para a data. Quase metade delas serão demandadas pelos segmentos de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (5,1 mil postos), seguidos por vestuário e calçados (2,7 mil) e artigos de uso pessoal e doméstico, como os eletroeletrônicos (1,9 mil).

A pesquisa da CNC aponta ainda que os segmentos de hiper e supermercados devem representar 40,4% do total de vendas, o que equivale a dois bilhões e 100 milhões reais. Em seguida, aparecem os ramos de artigos de uso pessoal e doméstico, como utilidades para o lar e eletroeletrônicos (R$ 829,1 milhões), e o de vestuário e calçados (R$ 683,4 milhões).

Televisores (-6,9%), calçados esportivos (-3,0%) e bebidas alcoólicas (-0,8%) puxam a lista de produtos que deve ter preços menores. Na comparação com o mesmo período do ano passado, livros (+26,8%), entradas para cinema (+14,3%) e aparelhos telefônicos (+11,0%) estão mais caros.
 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Jequié - BA
Atualizado às 10h55 - Fonte: Climatempo
28°
Poucas nuvens

Mín. 18° Máx. 32°

28° Sensação
13.4 km/h Vento
51.5% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (05/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 33°

Sol e Chuva
Segunda (06/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 32°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias